Processos Alternativos – goma bicromatada

A fotografia revela-se à luz do dia

voltar

Oficina de Goma Bicromatada

19 de novembro | 10:00 – 13:00 + 14:30 – 17:30 | caos, Viseu 

Duração: 6 horas

Preço: 85 euros

Atividade destinada a Público em Geral, a partir dos 16 anos

Local: casa d’artes e ofícios, Largo de S. Teotónio n.º 30, Viseu

Formadores: Magda Fernandes e José Domingos

A Goma Bicromatada é uma técnica que alia o uso de um químico sensível à luz, à utilização de matérias corantes e ligantes que permitem que, após a sua exposição a uma fonte de luz UV, se obtenham imagens em qualquer matiz – desde o dramático preto e branco, às cores mais vibrantes. O seu auge deu-se no século XIX quando os fotógrafos do movimento pictorialista aproveitaram as suas características plásticas para afirmar a fotografia como uma arte, aproximando-a da pintura.

Estes processos sobreviveram ao passar do tempo, ao serem redescobertos e reinventados por artistas que, aproveitando as vantagens e comodidades dos nossos dias, os exploram para ir ao encontro de uma forma mais plástica, tangível e alternativa de imprimir as suas fotografias. A extrema simplicidade técnica destes processos permite que qualquer pessoa, de qualquer idade, sem precisar de conhecimentos prévios em fotografia se possa deixar fascinar por estas formas de magia fotográfica.

ver Oficina de Papel Salgado18 de novembro | 14:00 – 19:00 | caos, Viseu  

(inscrição nas duas oficinas 135 euros )


Oficina de Goma Bicromatada

Lisboa | Novas datas a anunciar

Duração: 6 horas

Preço: 65 euros

Local: Rua 2 da Matinha, Lote A, 5º D, Lisboa

Formadores: Magda Fernandes e José Domingos

A Goma Bicromatada é uma técnica que alia o uso de um químico sensível à luz, à utilização de matérias corantes e ligantes que permitem que, após a sua exposição a uma fonte de luz UV, se obtenham imagens em qualquer matiz – desde o dramático preto e branco, às cores mais vibrantes.

Estas oficinas têm como objetivo criar imagens em que a fronteira entre Fotografia e Pintura praticamente se apaga – sem que possamos definir ao certo onde começa uma e acaba a outra. Estes processos sobreviveram ao passar do tempo, ao serem redescobertos e reinventados por artistas que, aproveitando as vantagens e comodidades dos nossos dias, os exploram para ir ao encontro a uma forma mais plástica, tangível e alternativa de imprimir as suas fotografias. A extrema simplicidade técnica destes processos permite que qualquer pessoa, de qualquer idade, sem precisar de conhecimentos prévios em fotografia se possa deixar fascinar por estas formas de magia fotográfica.

imagerie-site-goma-092016-02